#Be Trusted - Seja confiável

Coluna de Março 2015 da Revista Somando

#BeTrusted - Seja Confiável


Adriano Canabarro Teixeira
Doutor em Informática Aplicada a Educação, pós-doutor em Educação, professor e pesquisador do Curso de Ciência da Computação e dos cursos de Mestrado e Doutorado em Educação da UPF.
Contato: teixeira@upf.br


Continuando nosso desafio de explorar o futuro das inovação em curso na sociedade, neste mês trataremos da premissa #Be Trusted - Seja confiável. Na verdade poderíamos adapta-la inicialmente, para a seguinte questão: Em quem confiar neste mundo inundado de informações? Penso que esta pergunta seja recorrente entre os indivíduos e instituições. Nunca tivemos tantas informações disponíveis. Nunca tivemos tanta liberdade em gerar informação sobre absolutamente qualquer assunto. Mas como separar o joio do trigo? Como identificar que informação é correta e qual não é?  Pois bem, não sei muito das outras áreas, mas na educação - que é a minha área de atuação, uma informação originária da internet já sai perdendo, equívoco sobre o qual não me dedicarei a refletir neste texto!
Uma forma de contextualizar esta necessidade de segurança que temos neste mundo digital é apresentar brevemente alguns números acerca da internet. Escolho o Youtube, uma dos sites mais acessados no mundo e que tem por objetivo armazenar vídeos sobre absolutamente qualquer assunto. Por dia são disponibilizadas 144.000 horas de vídeos novos. Ou seja, para assistir a todos os vídeos disponibilizados no youtube em 24 horas, você levaria mais de 100 anos assistindo vídeos 24 horas por dia! E veja que eu trouxe somente os dados do Youtube, existem outras milhares de fontes de informações na Internet. Nunca se produziu tanta informação em um prazo tão curto. Em 2020, a cada 18 minutos disponibilizaremos na internet conhecimento equivalente ao que foi construído nos primeiros 18 séculos da história humana.



Desta forma, em um mundo em que todos podem gerar conteúdo os curadores tem papel fundamental. Curadores podem ser pessoas, grupos ou empresas - pode ser você! - que, dentro de suas áreas de atuação, nos ajudam a filtrar este tsunami de informações de forma criteriosa e confiável. Estamos em um momento em que os curadores centralizados ganham importância em função da democratização da autoria na WEB. No mundo de hoje, um grande comunicador do passado, um professor ou o profissional de uma área específica está competindo com uma criança na Tailandia que fez um vídeo usando seu smartphone e virou viral!
Pois bem, qual o caminho para este profissional? Ser curador! Ajudar a separar o joio do trigo! Indicar quem, neste dilúvio de informações e opiniões, de fato é relevante e deve ser levado a sério. Existe um novo papel para essa figura, que acumulou essa experiência, que é o papel da credibilidade, o papel da curadoria. Em meio ao Data-Tsunami em que vivemos, assuma o compromisso de filtrar, informar e surpreender. # BeTrusted, em meio ao Tsunami, os curadores serão os protetores da enchente!


Esta coluna está disponível em

Colunas anteriores:

[Somando de fevereiro 2015]
[Somando de janeiro 2015]
[Somando de dezembro 2014]
[Somando de novembro 2014]
[Somando outubro 2014]
[Somando setembro 2014]
[Somando agosto 2014]
[Somando de julho de 2014]
[Somando de junho de 2014]
[Somando de maio de 2014]
[Somando de abril de 2014]
[Somando de Março 2014]
[Somando de Fevereiro  2014]
[Somando de Janeiro  2014]
http://goo.gl/qtz8VG  
[Somando de Dezembro 2013]
http://goo.gl/vMpsDb  
[Somando de Novembro 2013]

[Somando de Outubro 2013]

Comentários