O futuro das profissões - Sílvio Meira

Comentários

  1. Vivemos em um mundo onde estamos conectados praticamente 24 horas por dia, mas lembre-se: a tecnologia deve ser utilizada com cautela, pois quem não usa adequadamente, acaba se prejudicando e desperdiçando o tempo que é valioso.
    Podemos dizer que a tecnologia auxilia nas inovações e tem velozes mudanças. As possibilidades de crescimento estão visíveis e próximas de todos, basta ir atrás e estar em constante aprendizado. E diga-se de passagem, é crescente o uso e as melhorias relacionadas a tecnologia. Esse meio é um agente facilitador para todas as profissões, pois trazem informações com rapidez e faz com que a gente consiga desenvolver as tarefas propostas.
    As pessoas tem propósitos ao escolherem suas profissões, e para as Secretárias Executivas não é diferente, pois acreditam no que querem e criam expectativas para o futuro. Na grande maioria das vezes, sabem o que querem e gostam do que fazem, e essa é a peça fundamental, pois tendo conhecimento e competência, tudo o que se espera, se torna real. Além do conhecimento teórico, existe outro fator que se faz necessário: o autoconhecimento, que é saber se questionar e responder, julgar e decidir e por último, mas não menos importante, saber ouvir.
    Independente da profissão escolhida, para alcançar os objetivos, o profissional deve colocar o trabalho como uma prioridade e fazer as atividades com dedicação.
    Por fim, é preciso estar atenta e ter uma visão geral do mundo. E claro, saber identificar as oportunidades que estão à nossa volta e colocá-las em prática com todo o conhecimento teórico e prático, pois essa é a chave mestra para o sucesso.

    ResponderExcluir
  2. A tecnologia está em constante evolução diariamente. Devido ao avanço tecnológico dos meios de comunicação de última geração, assistimos a transformações na forma de agir e pensar, no estilo de vida, nos desejos, na conduta e nas atitudes sociais, políticas e econômicas. Muitos aspectos da vida social, profissional e pessoal foram afetados pelas novas tecnologias. Desta forma, não há como pensar as relações entre as pessoas nas empresas ou em seu dia a dia, sem a mediação dos meios rápidos de informações. Em um mundo onde tudo se encontra em rede em ambientes virtuais, acaba afastando mais as pessoas do convívio social fisicamente. Assim como a tecnologia é algo indispensável em nosso meio, o ambiente físico também é de extrema importância para nosso desenvolvimento social e emocional, para que possamos retirar informações da rede e discutir entre nós, para que possamos aprender com aquela informação, ou se necessário reaprender com aquela ideia.
    (34:55) Mas para isso precisamos interagir precisamos de alguém que nos ajude que nos ensine que exponha suas ideias para que assim, possamos engrandecer mais o nosso conhecimento, ouvindo e debatendo a respeito, e assim então possamos desenvolver a nossa inteligência social e nossa inteligência emocional.

    ResponderExcluir
  3. A "Transformação do mundo em rede",(6:16),
    identifica e reflete a nossa atual dependência de
    proximidades, física ou virtual, com pessoas
    ou instituições, para que possamos realizar alguma
    coisa, que no passado fazíamos sozinhos.
    A tecnologia nos dá a incrível oportunidade de
    propagar nossas performances e de nos comunicarmos
    com agentes de diversos lugares do mundo,
    possibilitando a aquisição de conhecimentos específicos
    que poderão influenciar em nosso trabalho, estudo,
    vida amorosa, lazer e entre outros.
    Como citado no vídeo, em relação ao uso do smartphone,
    muitas pessoas deixam-o no silencioso, porém,
    não desligados, o que identifica a dependência
    de permanecermos dispostos a popular ou ser conectado
    pela rede a qualquer momento.

    ResponderExcluir
  4. 6:50 performances interligadas, não acontecem simplesmente por estarem online, precisamos articula-las, um proposito comum a um grupo de pessoas façam essas performances acontecem, performance é resolver problemas, chegar a resultados com construção, um exemplo claro disso é a internet, ninguém mais fica sem estar conectado na internet hoje em dia, como o próprio palestrante falou, os smartphones podem até estar no silencioso, mas não desligados ou desconectados.

    ResponderExcluir
  5. Interessantíssima palestra.
    Assisti mais duas vezes pois a primeira vez não dei muita bola pro conteúdo, mas na segunda vez, mais concentrado tirei o chapéu para alguns pontos mensionados pelo professor.
    Dentre elas para ser um bom líder é preciso saber ouvir, persuadir, mas mais que isso é o conhecimento de si próprio, saber julgar e decidir coisas em um aspecto moral, ético e filosófico decidindo assim o certo do errado e nunca desistindo das suas ideias.
    Aprendizagem é a chave, aprender algo mas aprender bem, ser o melhor possível naquela função/profissão, todos os dias ser melhor do que foi ontem.
    Que o mundo é sociável desde que nos conhecemos por gente e parabenizar quem conseguiu elevar a "rede social" a um nível abstrato como temos hoje.
    Aprender coisas velhas com novos fins, esquecer coisas novas sem utilidade.

    ResponderExcluir
  6. 40:47 - Na época em que vivemos atualmente, onde a internet está presente na maior parte da vida de muitas pessoas, permitindo a troca de ideias e informações de diversos assuntos, facilitando a pesquisa e o intendimento de várias matérias que não estão presentes em sala de aula, onde a informação estará guardada em nossos cérebros ao invés de ser uma memória passageira, que guardamos temporariamente.

    ResponderExcluir
  7. O cientista Silvio Meira fala no minuto 23:30 do vídeo, que nos estados Unidos,
    a profissão com maior nicho de mercado no futuro, vem a ser a de matemático, e entre o
    sexto e sétimo lugar a de engenheiro de software.
    Ele comenta que o faz-se necessário mais matemática para modelar cada vez com maior
    precisão o mundo. De engenheiros de software para escrever e melhor programar o ambiente
    em que se encontramos, pois é claramente visível a revolução de inovações que vivemos
    desde a década de 50.
    Ai entra o papel da tecnologia no mundo contemporâneo, pois, cada vez mais temos
    presenca da tecnologia em nosso cotidiano, cada vez mais beneficiando-nos das inovações
    trazidas por pesquisadores da área tecnológica.
    Pelo fato dessa área tecnológica e matemática trazer as maiores inovações em um
    amplo conjunto de espaços,ela tem grande potencial futuro, como Meira comentou. E no meu
    ponto de vista, com as tecnologias vestíveis chegando com grande aprovação no mercado, a
    tendência é cada vez mais ficarmos dependentes da tecnologia.

    Eduardo Jacob Teichmann

    ResponderExcluir
  8. 27 minutos:
    É de extrema importância que aprendamos, não superficialmente, mas profundamente o que estamos estudando. O saber superficial sobre uma etapa do processo nos limita e nos deixa ignorantes e não nos permite articular nossas capacidades para alcançar objetivos de nosso desejo. Este aprender, mas aprender bem, nos possibilita novos rumos e novos destinos, nos abre portas para evoluir juntamente com a sociedade. A tecnologia, no âmbito do conhecimento, possibilita informação suficiente para que busquemos estudar e nos especializar em algo, a internet nos permite ser autodidatas num nível muito superior ao que gerações passadas tinham.

    ResponderExcluir

Postar um comentário